Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Laboratórios > Laboratórios > Laboratório de Inteligência Artificial Aplicada
Início do conteúdo da página

Laboratório de Inteligência Artificial Aplicada

O Laboratório de Inteligência Artificial Aplicada (LIAA) do IEN, criado em 2006, tem como principal objetivo resolver problemas de engenharia por meio de técnicas de Inteligência Artificial (IA), como Computação Evolucionária, Inteligência de Enxames, Redes Neurais Artificiais (incluindo Deep Learning), Lógica Nebulosa e Sistemas Especialistas, entre outras. Devido à complexidade e alto custo computacional das técnicas envolvidas, modelos de programação paralela utilizando MPI e GPU têm sido explorados a fundo.

Inicialmente o laboratório teve foco na área de projeto e operação de reatores nucleares, incluindo projeto e recarga de reatores, planejamento de políticas de monitoramento e manutenção preventiva e apoio ao diagnóstico de acidentes e falhas em sistemas nucleares. Entretanto, a interdisciplinaridade das metodologias e ferramentas da IA vem proporcionando a expansão de seu escopo de aplicação para diversas áreas, como: materiais nucleares, aplicação de técnicas nucleares (ATN), interface humano-computador, proteção radiológica, segurança física, meio ambiente, realidade virtual e robótica.

Projetos

  • Análises preditivas e diagnósticos em plantas nucleares
  • Otimização de projetos neutrônicos e termo-hidráulicos
  • ATN na indústria de petróleo
  • Estimativas de dispersão atmosférica de radionuclídeos em caso de acidentes nucleares
  • Robótica autônoma e teleoperada para monitoração de ambientes radioativos
  • Inteligência de enxames e robótica
  • Estimativas de contaminantes radioativos em solos

Linhas de Pesquisa

  • Computação Evolucionária e Inteligência de Enxames aplicados a problemas nucleares
  • Redes Neurais e Deep Learning aplicados a problemas nucleares
  • Robótica autônoma aplicada a problemas nucleares
  • Sistemas Especialistas e Lógica Nebulosa aplicados a problemas nucleares
registrado em:
Fim do conteúdo da página