Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Engenharia de sistemas complexos
Início do conteúdo da página

Engenharia de sistemas complexos

A engenharia de sistemas complexos procura estudar como pessoas e tecnologias, inseridas numa organização, podem trabalhar em conjunto de modo a melhorar o desempenho das instituições e dos sistemas complexos. O entendimento da complexidade nas interações entre pessoas/tecnologia/organização possibilita a melhoria na segurança das instalações industriais e no desempenho do pessoal e dos sistemas técnicos.

O setor tem como objetivos criar competência para desenvolvimento e avaliação de novas tecnologias para salas de controle e interfaces humano-sistema, proporcionar competência tecnológica na construção de ambientes virtuais em diversos campos da engenharia, desenvolver metodologias e realizar estudos científicos em engenharia de fatores humanos e confiabilidade humana, e resolver problemas da engenharia através de técnicas de inteligência artificial, tais como computação evolucionária, redes neurais artificiais e lógica nebulosa.

Os estudos são realizados em uma infraestrutura formada pelos seguintes laboratórios:

  • Laboratório de Interfaces Humano-Sistema (LABIHS);
  • Laboratório de Realidade Virtual (LABRV);
  • Laboratório de Usabilidade e Confiabilidade Humana (LABUCH);
  • Laboratório de Inteligência Artificial Aplicada (LIAA).
registrado em:
Fim do conteúdo da página