Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Banco de notícias > Técnica com radiotraçadores do IEN terá recursos da AIEA
Início do conteúdo da página

Técnica com radiotraçadores do IEN terá recursos da AIEA

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) aprovou para o biênio 2018/2019 do Acordo Arcal uma proposta apresentada pelo Grupo de Radiotraçadores do Instituto de Engenharia Nuclear (IEN). O tema é a certificação de uma técnica de medida de vazão em dutos de óleo e gás com o uso de traçadores radioativos.

Atualmente, para aferir os medidores de vazão instalados ao longo de oleodutos e gasodutos é preciso retirá-los e levá-los a um laboratório. A nova técnica desenvolvida pela equipe do IEN permite que a aferição seja local, gerando mais segurança, economia e rapidez. O grau de incerteza das medidas é mínimo: de 0,1% a 0,5%.

O projeto será desenvolvido no laboratório de aplicações de radiotraçadores do IEN, sob a coordenação do pesquisador Luís Eduardo Brandão, e terá como parceiros associados o Programa de Engenharia Nuclear da Coppe/UFRJ e a empresa start up Atomum, criada pelo Grupo de Radiotraçadores na incubadora da Coppe.

Os Projetos Arcal, sigla de Acordo Regional de Cooperação para a Promoção da Ciência e Tecnologia Nucleares na América Latina e Caribe, têm como objetivo incentivar a transferência de tecnologia nuclear pacífica entre os países dessas regiões. Para o próximo biênio, explica Brandão, uma das áreas de interesse é a certificação de técnicas nucleares segundo padrões nacionais e internacionais de qualidade. “Cada vez mais as empresas exigem certificação dos fornecedores de serviços, porque isso conta na qualificação dos seus produtos”, conta. Em 2017 será feito o detalhamento do plano de trabalho. A proposta inicial foi orçada em cerca de 300 mil euros, montante que pode sofrer alteração, a serem financiados pela agência, mais a contrapartida das instituições envolvidas. Os recursos irão para aquisição de equipamentos, treinamento da equipe em laboratórios internacionais e colaboração de especialistas convidados.

registrado em:
Fim do conteúdo da página